Os plagios do Deep Purple


Algumas musicas do Deep Purple, foram, digamos, influenciadas por outras musicas de outros grupos, e a maioria das musicas são bem conhecidas, as musicas são essas:

1. Child In Time: o começo de Child In Time foi tomada emprewstada de uma musica chamada It’s A Beautiful Day da banda californiana Bombay Calling, a musica foi lançada em 1969. Jon Lord disse, que ele foi brincar com a musica, e ele começou a tocar, o Ian Gillan estava com jon e o Ian começou a cantar em cima da musica, assim surgiu Child In Time, diz a lenda, que o Ian estava com uma calça apertada demais, aí ele começou a gritar de dor, assim surgiu os gritos da musica!! ai saber né!! Para escutar um uma parte da musica Bombay Calling, clique aqui.

2. Why Didn’t Rosemary: Uma parte de Why Didn’t Rosemary influenciada pelo single Too Much de 1957 de Elvis Presley. Para escutar um uma parte da musica de Elvis, clique aqui.

3. Black Night: Umas das musicas mais conhecidas do Deep Purple tambem foi “tomada imprestada” de outra musica, o seu riff é famosissimo, e esse riff foi pego de uma versão de Ricky Nelson, tema dos Gershwin chamado Summertime. Nelson lançou sua versão de Summertime em um single em 1962. Para escutar um uma parte de Summertime, clique aqui.

4. Lazy: o maravilhose riff da música Lazy, do Album Machine Head, foi tomada emprestada por Blackmore do tema Steppin’ Out, composto por James Bracken, e que Eric Clapton gravou no seu album “Blues Breakers” (1966) na banda de John Mayall, em que Clapton era o guitarrista principal. Para escutar uma parte de Steppin’ Out, clique aqui,

5. Mistreated: é uma canção que possui muitas similaridades com a música Heartbreaker de Paul Rodgers do álbum homónimo de 1973.

Fonte: Deep Purple Notícias 

Anúncios

3 comentários em “Os plagios do Deep Purple

  1. Já sabia sobre o “It’s A Beautiful Day(tenho vinil importado). Mas não duvido do compositor da melodia, ter roubado as notas de alguma música erudita. O roubo praticado em “Lazy” eu também sabia.Igualmente sobre “Black Night”. Mas não achei a música da Rosemary parecida com a do Elvis. Quanto à “Heartbreaker”, faz lembrar, mas pouco, “Minstread”.

    Blackmore “chupou” o riff de “Purple Hazy”, na música “Madrake’s Root”, do primeiro álbum do Deep Purple. Esses ladrões roqueiros…rs

  2. Mais um plágio: “Burn”, de Fascinating Rhythm”, de George Gershwin. Bem, não sou masoquista, mas pra quem é, ainda irá aplaudir, dizendo que as versões plagiadas são melhores, ou até mesmo dizer que o mundo é dos espertos. Quanto mais me aprofundo, percebo que fui um trouxa de gostar tanto de rock, por mais de trinta anos, tecendo loas para um tanto de gente sem caráter, ladrões, como Jimmy Page e Richie Blackmore. Eles,que foram mais uns, de uns tantos que roubaram músicas alheias, devem rir dos fãs, se é que se lembram de suas existências. Pelo menos, eu nunca fui em shows, só joguei dinheiro fora comprando discos de rock.

    Bem, pelo que li, Ace Frehley, guitarrista do Kiss, foi ex-traficante de drogas, então…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s